vodka com energético

Vodka Com Energético

Em qualquer comemoração ou encontro de amigos o consumo de álcool acaba sendo inevitável. Algumas pessoas optam por um destilado mais forte – como Whisky e Tequila. Outros por uma batidinha de frutas bem leve. E tem aqueles que ficam com as misturas de bebidas, como a Vodka com Energético que ajuda a disfarçar o sabor forte do álcool e a estimular o organismo, sem que você perceba de imediato.

A aclamada Vodka com Energético, que está presente em praticamente todas as baladas e festas do país – como o Carnaval – é hoje uma das mais procuradas pelos jovens. Isso porque os seus efeitos ajudam a aumentar a disposição da galera para curtir a noite inteira na balada, disfarçando os típicos sinais de álcool no organismo e deixando tudo mais “divertido”.

Porém, o que quase ninguém sabe é que essa mistura pode ser fatal ao organismo quando consumida em excesso.

Um dos maiores riscos é a forma como a vodka com energético mascara os sintomas do álcool no sangue. Ou seja, o energético tira o efeito “depressivo” da bebida e faz parecer que você não está alcoolizado. sendo que os órgãos do corpo são afetados da mesma maneira e os reflexos continuam mais lentos, mesmo parecendo não estar. É uma forma de tapear o corpo que pode ocasionar problemas graves.

Vodka com energético

Para você conseguir sair com os amigos de forma tranquila, sem se preocupar com os efeitos da bebida, entenda como a Vodka com energético age no organismo e as quantidades corretas de consumo!


Efeitos da Vodka com Energético no organismo

O agravante de qualquer bebida é o seu consumo abusivo. Desde a cerveja, até os destilados. Não importa o tipo da bebida. todas elas devem ser consumidas com moderação para evitar o risco de prejuízos à saúde.

Embora a Vodka com energético seja considerada por muitos a melhor opção para curtir a balada e festas comemorativas. Como o Carnaval e o Ano Novo. O consumidor corre sérios riscos de sofrer uma intoxicação e acabar com sintomas como insônia, ansiedade, tremores e problemas estomacais. Além dos problemas cardíacos – que só podem ser revertidos no hospital, com uso de medicamentos específicos.

O grande problema da Vodka com Energético são as substâncias presentes em sua composição que “irritam” o miocárdio – o músculo do coração – e aceleram os batimentos cardíacos, causando arritmia e hipertensão arterial.

A substância responsável por esses problemas, presente em abundância no energético, é a Cafeína. Se ingerida em excesso, a cafeína pode causar diversos efeitos colaterais no organismo, como dores no peito, tontura, insônia, formigamento da pele, desconforto respiratório e dores de cabeça.

Para você entender melhor o efeito: uma latinha de energético equivale a três xícaras de café. Portanto, se forem consumidas cerca de cinco latinhas, será o equivalente a 15 xícaras de café. Agora, imagine misturar toda essa cafeína com altas doses de álcool; não tem coração que aguente!

Vodka com energético

Consumo abusivo de vodka com energético

Em diversas pesquisas atuais, concluiu-se que o consumo exagerado de vodka com energético estimula o consumo desenfreado de álcool. Sem você perceber o alto índice de álcool no sangue. E aumenta os riscos de acidentes fatais, como quedas e acidentes de trânsito.

O consumidor pensa que não está ficando bêbado e que os seus instintos estão mais aguçados, quando – na verdade – ele está altamente alcoolizado e incapacitado de dirigir. Resumindo: o energético disfarça a sensação de estar bêbado, mas o consumidor continua com os instintos e a percepção lenta.

Quem não pode consumir Vodka com energético

O consumo abusivo da Vodka com Energético pode ser fatal para qualquer idade. Mas os jovens são os mais propensos a sofrerem com os efeitos dessa combinação. Isso porque quem tem mais idade e já conhece os seus problemas de saúde, costuma ter um cuidado maior em relação a bebida. enquanto os jovens são mais despreocupados e abusam da quantidade sem ponderar os riscos.

Quem é cardíaco e hipertenso deve passar longe desse tipo de bebida. A cafeína pode desencadear um infarto ou, até mesmo, um derrame.

Vodka com energético

A quantidade certa de Vodka com energético

Toda e qualquer bebida precisa ser consumida com moderação. Beber demais nunca é o caminho certo a ser seguido, principalmente se a bebida em questão envolve energéticos. Por isso, sempre que você for sair com os amigos. Fique atento à quantidade de Cafeína apresentada na embalagem do energético. De modo que você consiga controlar a quantidade de bebida adequada para o seu biotipo.

Os médicos recomendam que seja ingerido somente 2,5 miligramas de cafeína por quilo de peso, ou seja, uma mulher de 60 kg deve consumir apenas 150 miligramas de cafeína, mais do que isso já proporcionaria sensações de desconforto e de alto risco à saúde.

Outra dica para você consumir vodka com energético despreocupado, é se manter hidratado e beber bastante água. A combinação de álcool e energético leva a uma rápida desidratação, que agrava ainda mais os riscos de um problema cardíaco. E falando em desidratação, outro fator agravante é: beber em jejum.

Nunca – em hipótese alguma – consuma bebidas alcóolicas de estômago vazio. Procure sempre se alimentar bem antes de ingerir qualquer destilado. Assim, você diminui as chances de passar mal durante a festa, e consegue curtir com os amigos tranquilamente. Mas, cuidado! Isso também não significa que o consumo abusivo está liberado; lembre-se: moderação é tudo!

 Vodka com energético

Preparando a Vodka com energético

Existe uma forma correta de beber a combinação de Vodka com energético, balanceando as quantidades de uma forma menos propensa a resultados prejudiciais à saúde. Caso você queira beber, siga essa receitinha básica:

  1. 03 a 05 Pedras de gelo;
  2. Adicione de 50 a 100 ml de Vodka – De acordo com o seu copo
  3. Complete com energético de sua preferência;

Essa é a maneira correta de se preparar vodka com energético, sem abusar demais do energético e da cafeína.

Venda de Energéticos no Brasil

A venda de energéticos no Brasil é liberada desde 1998, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA, e os fabricantes afirmam que é possível consumi-los sem correr o risco de parar no hospital no final da festa. Pois não há indícios de que os energéticos tenham qualquer efeito – positivo ou negativo – associado ao consumo.

O argumento utilizado para explicar essa afirmação é que a quantidade de cafeína e substâncias prejudiciais à saúde estão todas especificadas na embalagem do produto e que um consumo moderado de cafeína (correspondente a menos de 400 mg por dia, equivalente a 5 latinhas do energético), não afeta a saúde.

O produto é vendido e liberado em mais de 160 países, que confirmam a segurança dos energéticos para consumo regulado, por base de testes realizados durante atividades físicas.

Vodka com energético efeitos

Regras da ANVISA

De acordo com a ANVISA, a dosagem nas embalagens dos energéticos das substâncias é a de que seja no máximo 35 mg/100 ml de cafeína. Dependendo da marca, a quantidade de cafeína varia entre 80 até 500 miligramas.

Além disso, as embalagens devem conter obrigatoriamente as seguintes advertências. em destaque e em negrito: “Crianças, gestantes, nutrizes, idosos e portadores de enfermidades: consultar o médico antes de consumir o produto” e “Não é recomendado o consumo com bebida alcoólica”. O que significa que é preciso ficar atento a esses detalhes, antes de consumir o energético.

Diante de tudo isso, podemos concluir que o grande vilão dessa combinação está na quantidade e não no produto. Portanto, não se esqueça de beber a sua Vodka com Energético com moderação e aproveitar o máximo possível a sua festa!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário